Home / Filmes / Ultimas Criticas / Crítica | Sobrenatural: A Última Chave

Crítica | Sobrenatural: A Última Chave

Crítica | Sobrenatural: A Última Chave

Mas um filme de uma franquia já consolidada, Sobrenatural, estreia esse ano e ele está entre os filmes de terror mais esperados de 2018.
O filme começa com uma família com uma garota que tem um dom especial de ver e falar com fantasmas. Logo descobrimos que se trata da família de Elise, a medium. Coisas horríveis aconteceram na casa em que ela morava e depois de anos, ela volta para ajudar um homem que se mudou nos dias de hoje.
Desde o começo, o filme não nos poupa dos famigerados jumpscares. Em algumas cenas ele cria uma certa tensão, mas diferente de filmes como Anabelle 2 (quando a trilha te prepara para para o susto), em Sobrenatural: A Última Chave, é mais difícil saber o que vem a seguir (quando se trata de sustos), mas ele em quase todo o momento utiliza o escuro para assustar e usa a luz natural ou um ambiente externo para aliviar o telespectador.
Resultado de imagem para sobrenatural a ultima chave
Os alívios cômicos também existem e a dupla Tucker e Specs está de volta para ajudar Elise a enfrentar o que no passado ela não conseguiu.
Filmes como Sobrenatural mostram de uma maneira violenta como os espíritos e demônios podem interagir com os personagens, mas no 4º capítulo da franquia ele perde a pegada dos 2 primeiros -que são realmente bons e mostraram uma premissa mais original- para focar no passado de Elise e tentar explorar mais sobre ela. A personagem é boa, talvez a melhor em todos os filmes, mas nesse é apresentado um roteiro clichê com cenas nada originais, mostrando mais do mesmo e tornando o filme bem esquecível. Elise vive voltando para o passado e mostrando o que aconteceu em sua infância e chega ate a falar com ela mesma em sua fase criança.
O longa não chega a ser ruim, apenas não inova em nenhum aspecto. Uma boa jogada, que não foi utilizada, seria pegar os elementos do primeiro e segundo para que a trama voltasse em suas origens e assim talvez agradar mais os fãs da franquia. Ele não chega a destoar dos outros, mas você só consegue ver uma ligação interessante entre eles na parte final.
O demônio principal, o grande vilão que praticamente existe em todas as tramas de terror com a temática espírito até que ficou interessante. A escolha de efeitos práticos e maquiagem ajudaram a trazer um tom macabro e nojento ao personagem , que na realidade mais parece um cadáver em decomposição.
Por mais que pareça que esse capítulo tenha fechado o círculo e tratando de espíritos e demônios, inúmeras ideias podem surgir, então pode ser que um quinto filme venha por aí.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ARTIGOS RECENTES

Star Wars – Timothy Zahn faz a alegria dos fãs em noite de autógrafos

Antes de seguir para a Comic Com Experience em São Paulo, o consagrado autor da famosa Trilogia de Thrawn, Timothy Zahn, passou por Curitiba para uma noite de autógrafos e um bate-papo com os fãs durante o lançamento de Star Wars – A Última Ordem. Em meio a toda a ansiedade dos fãs para a estreia […]

Leia Mais

JediCon PR – A Força está com os Nerds

No último dia 12, Curitiba recebeu a sétima edição da JediCon PR, um evento nerd, focado na épica franquia cinematográfica de Star Wars. Esta edição da convenção foi a maior já realizada na cidade, superando em muito a previsão de público. O evento, organizado pelo Conselho Jedi Paraná em parceria com nós da NerdNation, reuniu […]

Leia Mais

Primeiras impressões – Star Wars: O Despertar da Força

É sempre muito difícil repaginar um verdadeiro clássico como Star Wars, fazer um filme que agrade fãs antigos e que ainda alcance toda uma nova geração não é uma tarefa fácil. Entretanto a Disney conseguiu o inimaginável, fazendo do filme mais esperado do ano algo muito mais épico do que poderíamos imaginar. A trama simples, […]

Leia Mais

ANIVERSARIANTES DO MÊS: ISAAC ASIMOV E J.R.R TOLKIEN

Logo no começo de janeiro duas figuras importantíssimas para a cultura pop e o mundo fazem aniversário. No dia 2 de janeiro, Isaac Asimov e dia 3 de janeiro ninguém menos que J.R.R Tolkien. Nós da NerdNation resolvemos homenagear esses gênios, e, claro que você já deve ter escutado falar sobre eles (ou pelo menos um deles), mas […]

Leia Mais