Home / Filmes / Ultimas Criticas / Star Wars: Os Últimos Jedi

Star Wars: Os Últimos Jedi

Star Wars: Os Últimos Jedi

Se “O Despertar da Força” foi um mix de sentimentos, “Os Últimos Jedi” eleva isso a um grau gigantesco, introduzindo elementos totalmente novos ao universo criado por George Lucas.

Na trama (sabiamente ocultada nos trailers) temos dois núcleos: enquanto a resistência corre contra o tempo pra fugir da primeira ordem com pouquíssimos recursos, Rey tenta convencer Luke Skywalker a lutar ao lado de sua irmã, pois ele é o símbolo de esperança que a galáxia precisa. É um plot relativamente simples, que remete mais a um roteiro de episódio de seriado do que a um filme propriamente dito. Porém, o foco na exploração dos personagens (tanto os já apresentados anteriormente como os que são introduzidos) é o que enriquece o longa.

Ao mesmo tempo em que pincela elementos dos outros episódios, o filme apresenta de maneira inovadora diferentes perspectivas da guerra e da própria força. O peso das escolhas e da perda de cada elemento da resistência, representado de forma maestral pela magnífica Carrie Fisher (é impossível não se emocionar nos momentos em que ela aparece), mostra que a guerra não se faz apenas com grandes vitórias, mas também tomando-se as decisões estratégicas corretas na hora certa. Outro tema abordado é o enriquecimento da burguesia galáctica, que vive do financiamento da guerra, vendendo armas para ambos os lados, e da exploração dos indefesos.

Na parte mística, o filme apresenta a força de uma maneira nunca explorada. O conflito interno de Luke deixa o espectador dividido ao longo da história, Rey e Kylo também possuem conflitos, o que elimina o maniqueísmo sempre presente na saga (preto e branco, bem e mal, luz e trevas), adicionando tons de cinza e enriquecendo o desenvolvimento desses personagens. “Os Últimos Jedi” mostra que ser um Jedi vai muito além de manipular mentes fracas, levitar pedras e lutar com sabres de luz.

Algumas perguntas são respondidas, e muitas ainda ficam (e vão continuar, pelo menos nos filmes) sem resposta. Provavelmente teremos essas respostas no universo expandido, o que é bom e ruim ao mesmo tempo. Por um lado temos um rico material para leitura, mas deve-se levar em conta que muitos não param pra ficar lendo os livros e quadrinhos. Uma coisa é complementar personagens que já foram bem explorados em tela fora dos filmes, outra é entregá-los fragmentados, forçando o espectador a buscar informações em outras mídias. Além disso, os alívios cômicos são um pouco exagerados (e até desnecessários) em vários momentos, e isso acaba quebrando o ritmo do filme.

Imagem e som nunca foram problema em Star Wars. O visual é impecável, com cenários belíssimos dentro e fora dos planetas, e também no interior das naves. Difícil escolher o melhor: a batalha no planeta de sal é de encher os olhos…o cassino…a sala de Snoke, tudo é lindo. As novas criaturas representam bem a diversidade do universo concebido por Lucas. Quanto à trilha sonora, John Williams mescla perfeitamente os temas antigos com os novos.

Tudo que eu falar além disso entra na zona de spoilers. O que posso dizer é que o filme mexe com os sentimentos mais profundos do fã, desde o mais “old school” até os que conheceram a saga em “O Despertar da Força”. Os personagens introduzidos na história completam a passagem de bastão iniciada no Episódio VII, dando abertura para inúmeras expansões desse universo. Os fã-services não podem faltar, e aqui eles se encontram bem pontuais em comparação ao filme anterior (acredito que o próximo episódio será o mais original dessa nova trilogia). Agora o que nos resta é esperar mais dois anos, enquanto isso, que comecem as teorias, debates e especulações!

 

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ARTIGOS RECENTES

Star Wars – Timothy Zahn faz a alegria dos fãs em noite de autógrafos

Antes de seguir para a Comic Com Experience em São Paulo, o consagrado autor da famosa Trilogia de Thrawn, Timothy Zahn, passou por Curitiba para uma noite de autógrafos e um bate-papo com os fãs durante o lançamento de Star Wars – A Última Ordem. Em meio a toda a ansiedade dos fãs para a estreia […]

Leia Mais

JediCon PR – A Força está com os Nerds

No último dia 12, Curitiba recebeu a sétima edição da JediCon PR, um evento nerd, focado na épica franquia cinematográfica de Star Wars. Esta edição da convenção foi a maior já realizada na cidade, superando em muito a previsão de público. O evento, organizado pelo Conselho Jedi Paraná em parceria com nós da NerdNation, reuniu […]

Leia Mais

Primeiras impressões – Star Wars: O Despertar da Força

É sempre muito difícil repaginar um verdadeiro clássico como Star Wars, fazer um filme que agrade fãs antigos e que ainda alcance toda uma nova geração não é uma tarefa fácil. Entretanto a Disney conseguiu o inimaginável, fazendo do filme mais esperado do ano algo muito mais épico do que poderíamos imaginar. A trama simples, […]

Leia Mais

ANIVERSARIANTES DO MÊS: ISAAC ASIMOV E J.R.R TOLKIEN

Logo no começo de janeiro duas figuras importantíssimas para a cultura pop e o mundo fazem aniversário. No dia 2 de janeiro, Isaac Asimov e dia 3 de janeiro ninguém menos que J.R.R Tolkien. Nós da NerdNation resolvemos homenagear esses gênios, e, claro que você já deve ter escutado falar sobre eles (ou pelo menos um deles), mas […]

Leia Mais